A origem das raças: Husky Siberiano

Apesar de terem a aparência de lobos selvagens, está muito enganado quem pensa que esses são cachorros agressivos. Eles são extremamente amigáveis, os Husky Siberiano são muito fáceis de lidar, dóceis e adoram uma companhia, tanto de humanos, quanto de outros cãezinhos.

Quer descobrir outras curiosidades e peculiaridades sobre a origem da raça Husky? Confira nosso artigo inteirinho.

Husky: o cão das baixas temperaturas

O Brasil é um país tropical e o calor é predominante por aqui. Logo, essa pode ser a explicação para a pouca popularidade dos Huskies Siberianos em nossa terra, uma vez que são originários do extremo nordeste da Ásia e adoram uma temperatura negativa.

História da Raça

Como o próprio nome já diz, o Husky tem sua origem na Sibéria, Rússia, durante a pré-história. A tribo nômade, conhecida pelo nome Chukchi, foi responsável pela criação dos primeiros cães dessa raça, que na época já eram muito usados para o trabalho, puxando trenós e também ajudando na caça.

Foi no ano de 1909 que os cães da raça Husky desembarcaram no Canadá para que disputassem corridas de trenós. No Alasca, essas corridas eram muito comuns e aconteciam com frequência, assemelhando-se às corridas de cavalos. Os percursos eram longos, podiam chegar até a 600 km, e os cachorros da raça sempre se destacavam.

No início dos anos 90 essa raça era especialmente conhecida por duas funções: correr e trabalhar. Mas após um episódio de epidemia de difteria, a raça começou a ser vista também como um bom animal de companhia e estimação, principalmente na América do Norte.

Personalidade

PREGUIÇA? Com certeza essa não é uma boa palavra para definir os Huskies. A condição física é uma das virtudes desses pets. Então, não fique pensando que esse será um cachorro para ficar no seu colo por horas e horas. O grande negócio dessa raça é praticar exercícios físicos, isso eles amam de paixão.

Características

Por trás da carinha séria e aspecto bravo dos Huskies, esses cãezinhos são amigáveis, brincalhões, totalmente família e um verdadeiro amor em formato de patinhas.

Com o porte robusto, eles possuem o rosto bastante arredondado e orelhas bem eretas, curtas e pontudas. Os olhos podem ser azuis, castanhos ou aqueles famosos com um olho de cada cor, característica chamada de heterocromia.

Já quando o assunto são os pelos, as cores são as mais variadas, indo do preto ao branco puro. E por ser uma raça específica para viver plenamente na neve, as patinhas têm pelos entre os dedos para protegerem a sola.

Ficou curioso para saber ainda mais sobre essa raça tão linda, cheia de vida e personalidade? Assista ao vídeo especial que disponibilizamos em nosso canal no YouTube.