Pulgas – Pequenos grandes parasitas

Mais antigas que os humanos, as pulgas são pragas que atormentam a vida dos pets (e muitas vezes até dos seus donos).

Um inseto que é capaz de pular até 200x a sua altura, as pulgas são parasitas que se alimentam do sangue de mamíferos e de algumas aves. Seu tamanho é semelhante à cabeça de um alfinete e existem milhares de espécies no mundo. Entenda mais sobre o ciclo de vida desse inseto.

As pulgas se reproduzem por meio de ovos (em média 250 ovos expelidos de uma vez) que desenvolvem larvas e formam pupas (casulos). Elas podem demorar entre meses para evoluírem a uma pulga adulta, pois aguardam o momento oportuno de acomodação para ter certeza de sua sobrevivência. Após o seu desenvolvimento total, todo o resto do seu ciclo de vida acontece em hospedeiros. Todo o ciclo pode ser completado em 12 dias, ou chegar a 1 ano.

Como identificar a pulga no seu pet?

Normalmente, julgamos a presença da pulga por sintomas comuns como coceira e incômodo provocado na pelagem dos pets e pelos pequenos ferimentos, mas isso não é suficiente, já que há outros parasitas que causam os mesmos sintomas.
As pulgas que se hospedam em pets normalmente são do tipo comum, com a cor cobre e medindo, no máximo, 5mm; são difíceis de serem localizadas entre os pelos dos bichinhos, mas, por viverem tanto tempo no seu hospedeiro, torna-se fácil criar ciência da sua presença pelas fezes deixadas no animal (pequenos pontinhos pretos).

O que ela pode causar?

Quando a pulga escolhe o seu hospedeiro e age na pele dele, o mesmo pode sofrer muito mais do que coceira: incômodo, febre, verme, ferimentos na pele e, pela sua vasta necessidade sangue, a pulga pode provocar até anemia.
Há danos ainda maiores causados pelo inseto, principalmente se o animal for alérgico.

Tratamento

O primeiro passo sempre será levar o seu pet ao veterinário. Ele saberá indicar o quão infestado o animal está e qual procedimento seguir.
É importante ressaltar que animais alérgicos devem passar por tratamentos específicos e que as pulgas que se hospedam em seus pets, pode expelir ovos que caem nos carpetes, tapetes e cobertores. Portanto, após o tratamento do pet é imprescindível fazer uma limpeza profunda em todo o ambiente. Não se esqueça de olhar em lugares úmidos, lavar roupas que tenham contato com o pet e de aspirar toda casa. Em casos mais graves pode ser necessário a solicitação de um profissional para a desinfestação.

Conheça a linha Baw Waw que pode auxiliar você no tratamento!

Temos certeza de que você sempre vai optar pelo bem do seu bichinho. Para evitar que ele sofra com parasitas como a pulga, não se esqueça de levá-lo ao veterinário periodicamente. Por distribuir tanto carinho, ele merece o melhor cuidado!