Como evitar arranhões do seu gato

Arranhar é um hábito saudável e instintivo para todo gato. Com as garras eles brincam, saltam e marcam território. Mas, se isso se tornou um problema e os arranhões estão machucando e destruindo tudo o que o felino encontra pelo caminho, é hora de ajudar você a encontrar a solução e entender o motivo desse comportamento.
Confira as dicas de como cortar as unhas do felino e evitar os arranhões do seu gato!

Por que os gatos arranham?

Existem alguns motivos principais que levam o seu gato a arranhar. O primeiro deles é o instinto. Com as garras os felinos se protegem, escalam, saltam e marcam território. Em suas patas encontram-se glândulas que liberam feromônios, com elas o gato deixa uma mensagem para outros animais, avisando que ele já esteve por ali.

Arranhar pode ser também uma tentativa do seu gato de se comunicar com você, demonstrar afeto, brincar e se alongar. Mas, acima de tudo, arranhar é uma necessidade. Eles precisam arranhar para gastar a camada superficial que se forma nas unhas para expor as novas garras.

Evite destruições

Essa é uma atitude saudável para o animal, mas para você e os seus móveis pode não ser! Quando os gatos nos arranham, há o sério risco de algumas doenças serem transmitidas. Se o animal veio das ruas e se o histórico não é conhecido, a situação fica ainda mais perigosa.

Por isso, existem alguns cuidados que você pode tomar a fim de inibir parte desse comportamento do animal:

1. Incentive o felino a usar o arranhador.

Estimule o gato a usar os seus instintos com as coisas certas. Utilize brinquedos na hora de interagir com o bichano e ofereça a maior variedade possível de superfícies para ele arranhar. Encontre o arranhador ideal para o seu pet, pois cada animal tem um material preferido e você só precisa encontrar o do seu pet.

2. Deixe o seu gato confortável

Torne sua casa um ambiente confortável e divertido onde o felino possa se exercitar. Quanto mais relaxado o pet estiver, menores serão as chances dele ficar estressado e extravasar arranhado os objetos. Isso ajudará a evitar arranhões do seu gato

3. Corte as unhas

As unhas dos felinos devem ser aparadas com cuidado. Os gatos possuem uma região da unha que é fixa, por onde passam os vasos sanguíneos. Se eles forem atingidos, pode ocorrer sangramento e machucar o animal. Em animais de pelagem clara é possível observar e evitar os vasos sanguíneos com facilidade, já nos animais com unhas escuras pode ser mais difícil achar o local do corte.

Na hora de cortar

As unhas devem ser aparadas, em média, de dez em dez dias com uma tesoura especial, anatômica e específica para o tamanho do animal, em um momento de descontração com o pet, que deve se habituar a essa situação.

Cadê a unha que estava aqui?

Se as unhas do gato forem retráteis, faça uma leve pressão sobre a pata para expô-las e cortá-las.

Sem solução

Se após todas as tentativas a situação não for resolvida, procure ajuda profissional. Os arranhões do gato podem ter diversos significados e ser, até mesmo, uma forma dele dizer que algo não anda bem ou indicativo de algum problema comportamental.

É PROIBIDO

Atenção: retirar as unhas do felino não é uma opção. Esse é um ato de mutilação e é proibido pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Depois dessas dicas, nada mais apropriado que um momento de lazer com o seu gato. Boa diversão!