Banho em gatos: conheça os cuidados de higiene

Reconhecidos por serem completamente delicados e minuciosos, os gatos possuem o costume de se lamberem com o intuito de limpar e alinhar os pelos. Apesar disso, o banho em gatos é necessário de tempos em tempos, pois o seu asseio não é profundo.

Os donos devem se atentar principalmente aos olhos e ouvidos, dar importância às remelas e limpá-las sempre, evitando os excessos que podem atrapalhar a visão do felino. Os ouvidos devem ser limpos com algodão e soro fisiológico, mas apenas em caso de necessidade; para alguns gatos esse hábito é desnecessário.

Todos nós sabemos que os gatinhos não são fãs de água, mas se o banho acontecer desde filhote, pode ser de um momento mais calmo do que imaginamos. Saiba como evitar a frustração do seu gato na hora do banho:

Brinque com ele

Para relaxar o seu gato, faça a situação parecer divertida, misture água com os seus brinquedos, converse, interaja e deixe que ele se sinta à vontade antes do banho.

Penteie seus pelos

Escove os pelos do seu bichano antes do contato com a água, retirando o excesso de pelos e evitando que os fios fiquem entrelaçados.

Prepare-se

Insira pequenas bolinhas de algodão em suas orelhas para evitar que a água entre e cause futuras infecções. Prefira água morna e banheiras.

O banho em gatos devem acontecer do pescoço para baixo. A higienização do rosto do gato deve ser feita com um lenço umedecido, uma vez por mês é o suficiente! Apesar das más línguas, não há nada de absurdo em realizar o banho dos felinos. Ele é importante para a saúde e higiene do seu gatinho, além de retirar os pelos mortos e evitar que formem bolas!