7 curiosidades sobre gatos que você precisa conhecer agora

Os animais de estimação são, com certeza, uma boa companhia, sem contar que tornam todo o ambiente mais agradável. E ao pensar em um bichinho para ter em casa, o gato se torna uma das opções, pois ser tutor de um desses pequenos felinos pode ser a melhor decisão. Mas você realmente conhece as curiosidades sobre gatos e sabe como lidar com eles?

Gatos estão entre os melhores animais para se conviver. Além de serem carinhosos, eles são independentes e exigem pouco espaço para viver. Mas, para isso, é preciso primeiro saber cuidar dessas vidas, pois a responsabilidade de se ter um animal de estimação é enorme e precisa ser bem trabalhada.

Neste caso, o conhecimento é a chave. Por isso, veja a seguir 7 das principais curiosidades sobre os bichanos e como um gato costuma se comunicar, para que você possa entendê-los da melhor maneira. Acompanhe!

1. Os gatos têm uma forma diferente de demonstrar afeto

Os gatos são conhecidos por serem misteriosos e, entre suas peculiaridades, está a forma de demonstrar afeto, que é menos explícita quando comparamos com o comportamento de um cachorro. Se o gato anda pelos cômodos da sua casa, saiba que isso é uma forma de afeto, pois ele se sente confortável com sua presença e fica à vontade para explorar.

Outra forma de afeto observada é quando o gato rodeia entre suas pernas, com o rabo levantado e com pequena curva na ponta ou também simplesmente sentando ao seu lado. Se o seu gato corre até a porta miando quando você chega de algum lugar, isso quer dizer que ele está feliz em vê-lo. Pode parecer agressivo, mas as patadas e as mordidas leves são frequentemente sinais de afeto.

2. Utilizam miados quase que exclusivamente para humanos

Outra curiosidade sobre os gatos é sobre suas maneiras de comunicação, que podem variar entre 12 formas diferentes. Entre elas estão o “ronrom”, uivo, gemido, murmúrio e o rosnado.

O mais característico entre os sons que eles conseguem emitir é o miado, que, poucos sabem, é a parte da comunicação dos gatos quase exclusiva para nós seres humanos, pois eles miam para outros animais muito raramente.

Com outros gatos são usadas outras linguagens, envolvidas de expressões corporais e faciais. Sendo assim, o miado é uma forma de fazer pedidos para o seu dono como atenção, colo e até comida. Logo, podendo diferenciar o que ele deseja a partir da duração e altura do miado.

3. Dormem durante várias horas do dia

Os gatos são conhecidos por seus passeios noturnos e por suas várias sonecas diurnas, que não passam de mais uma característica instintiva. Por se tratar de um felino, é de sua natureza enxergar e ter o instinto predatório noturno, sendo que um gato dorme entre 15 e 20 horas por dia. Então, é muito comum você sempre o encontrar dormindo em algum lugar.

Mesmo dormindo quase o dia todo, os gatos sempre estão em alerta para qualquer perigo. Apesar de fofos quando se é de dia, durante a noite eles são normalmente encontrados se esgueirando pelos cantos.

4. Gostam de levar animais mortos para casa

E se de repente você encontrasse um animal morto embaixo da sua cama ou em algum outro lugar? Bom, para quem tem gato em casa, esse tipo de situação não seria muito estranha.

Tendo suas peculiaridades, esse seria um dos jeitos de eles demonstrarem afeto, proveniente de antigos instintos. Considerando a evolução da espécie, o gato foi domesticado há pouco tempo e, por isso, ainda apresenta características bem fortes dos seus antepassados, sendo uma delas capturar e trazer sua presa para seus filhotes que ainda não sabem caçar. Assim, se você receber esse “presente” do seu gato, saiba que ele se importa com você.

5. Costumam arranhar os móveis

Apesar de muito fofos, os gatos são animais instintivos, e o motivo de eles arranharem seus moveis, muito provavelmente o seu sofá, não poderia ser outro. Isso acontece porque é a forma que os gatos encontram para lixar ou polir suas unhas dentro de casa, diferentemente dos cachorros, que você leva pra passear.

Esse instinto é normal, visto que os gatos veem suas unhas como forma de defesa e que, devido a glândulas sudoríparas, que só se encontram nas patas, acabam marcando o lugar como seu território por meio do cheiro. Felizmente, você poderá evitar que isso ocorra, oferecendo um catnip para eles ficarem mais calmos e tendo em casa um arranhador.

6. Ronronam para chamar a atenção

Um som típico desses felinos é o ronronar, que já pode ser ouvido desde que os gatos ainda são filhotes, enquanto estão amamentando, e também de sua mãe. E essa é uma das formas de comunicação dos gatos: timbre grave, que só é audível de perto e que tem significado muito bom.

Esse ronronar quer dizer que o gato está feliz e satisfeito, e é emitido geralmente quando ele está a receber carinho de seu dono ou se alimentando, o que é por instinto, pois, quando filhote, fazia o som durante a amamentação. Ainda pode fazê-lo quando quer chamar a atenção para receber mimos.

7. Afofam lugares ou quem gostam

Assim como para os humanos, para os gatos, o tempo da amamentação é de suma importância, deixando memórias desse momento de afeto. Tais lembranças são levadas até a sua fase adulta, e isso pode ser observado quando ele estiver afofando algum lugar antes de dormir ou, até mesmo, fazendo isso numa pessoa de que ele goste.

Isso acontece porque, quando os gatos ainda são filhotes, na fase de amamentação, eles afofam as mamas para facilitar a saída do leite, sendo um momento de conforto dele com a sua mamãe. Então, se você perceber que seu gato gosta de “amassar pãozinho” em você ou próximo a você, saiba que ele está se sentindo confortável e tranquilo.

Você não precisa analisar muito as curiosidades sobre gatos para conseguir entender o quão magnífico esses pequenos animais são. A presença desses companheiros em sua casa está diretamente ligada a bons momentos de alegria.

Apesar de seus instintos, que fazem com que constantemente o gato deixe sua casa e vá se aventurar pela rua e vizinhança, se ele sentir que você é parte de sua família, será um leal companheiro durante toda a sua vida.

Dessa forma, enquanto sua relação de reciprocidade de carinho estiver viva, o gato será o melhor companheiro que você pode escolher para passar os dias ao seu lado, sem muitas complicações e com o ambiente mais agradável possível.

Gostou do nosso artigo? Então, compartilhe este conteúdo nas suas redes socais para que outras pessoas também possam se informar.