Castração de cães e gatos – importância e benefícios

Todos os dias nos deparamos com animais que enfrentam grandes desafios por terem as ruas como lar. A adoção é um fator muito importante neste ponto, mas, ainda assim, não chega a ser eficiente o suficiente para acabar com o grande número de abandonos, até porque, a reprodução dos animais que moram nas ruas acontece rapidamente e de forma incontrolável. Atualmente ONG’s e indivíduos amantes de animais, além de recolher cães e gatos das ruas, sugerem o procedimento de castração.

Apesar da reprodução descontrolada e o abandono serem considerados os principais motivos para optar pela castração, devemos nos atentar também aos outros benefícios que castração traz consigo:

Benefícios

1. A castração diminui os riscos de contração do câncer de mama e de testículo.
2. Reduz a frustração sexual, evitando fugas e brigas com outros animais.
3. As fêmeas não entram mais no cio.
4. Reduz a necessidade de marcação de rastros (com a urina).
5. Melhora o comportamento do seu pet, diminuindo a agressividade

Existem inúmeras dúvidas e especulações sobre esse procedimento.
Esclarecemos algumas delas abaixo:

É sugerido que o procedimento de castração aconteça antes do seu bichinho completar um ano de idade. Nada impede que seja feito mais tarde, mas quando realizado até essa idade, ele é capaz de sugerir um comportamento mais dócil, evitando atitudes agressivas, além de impedir que o animal marque rastros pela casa com urina. Quando o pet é castrado mais tarde, ele também pode adquirir esses benefícios, mas há a possibilidade de não acontecer com a mesma eficiência.

No caso das fêmeas, a maior dúvida é se devemos esperar a primeira ninhada para recorrer ao procedimento, isso porque algumas pessoas acreditam que as fêmeas ficam emocionalmente abaladas se nunca tiverem filhotes, mas isso é apenas uma crença popular. Surpreendentemente, é recomendado que a castração ocorra antes da primeira ninhada, assim, evita-se grandes chances da contração do câncer de mama.

Como acontece a cirurgia? O animal sofre? E a recuperação?

A cirurgia é considerada simples pelos veterinários e os seus riscos são os mesmos de qualquer procedimento cirúrgico. Normalmente a anestesia é geral e o animal não sente nada além da picada. É importante buscar um veterinário com procedimentos éticos e que respeite o bem-estar do seu animal.

Nas fêmeas acontece a retirada do útero, trompas e ovário, enquanto nos machos são retirados os testículos.

Os maiores cuidados do pós-operatório são os pontos. O dono deve se atentar à cicatrização. Dentro de uma semana os animais já conseguem realizar suas atividades normais sem grandes dificuldades.

Os animais engordam após a castração?

O procedimento altera o comportamento do pet, deixando-o mais calmo e, consequentemente, um pouco preguiçoso. Essa ação pode diminuir sua iniciativa para realizar exercícios físicos, o que pode levá-lo a ganhar peso.

Apesar dos benefícios da castração, devemos considerar o que é mais importante para você e principalmente para o seu bichinho. Depois de tantas informações, caso tenha surgido o interesse em começar o procedimento de castração, não se esqueça de procurar a orientação de um bom veterinário, até porque o seu pet merece o melhor!

Conheça a linha de alimentos para gatos castrados Baw Waw Natural Pro