Comandos básicos de adestramento para filhotes

O adestramento para filhotes não vai tornar suas ações limitadas. Na verdade vai estimular o seu raciocínio, vai entretê-lo, e o deixará mais educado ao entender que ele não é o chefe da casa. Desde bem pequeno pode começar a treiná-lo significados básicos como “não” quando ele fizer alguma coisa que não deve e “muito bem” quando ele obedecer alguma regra da casa.

Treinar os comandos básicos como senta, deita e vem é importante para evitar acidentes e até mesmo para serem utilizados no dia a dia, os filhotes tem mais facilidade de aprendizado que os cães adultos já que ainda não possuem vícios de comportamento.

Quando seu filhote acertar o comando dê a ele um agrado, pode ser físico como um carinho ou um petisco como os biscoitos mix da Baw Waw. Esse reconhecimento é chamado de reforço positivo e encoraja o filhote a repetir seu feito para recebê-lo de novo. Com o tempo o cãozinho vai assimilar o comando. 

Sentar

Coloque o cãozinho de frente para você e, segurando um petisco, vá levando a mão com a recompensa para cima da cabeça do filhote com a intenção de fazê-lo olhar para cima, ao mesmo tempo fale “senta” para ele começar a assimilar o comando, quanto mais pra cima ele olhar maior a chance de ele sentar para se acomodar. Assim que ele sentar entregue o petisco.

Deitar

Aprendido o comando de “senta”, deitar fica mais fácil. Com o cachorro sentado e com um petisco na mão, vá abaixando a mão à frente do focinho fazendo com que ele siga o movimento até abaixar as patinhas dianteiras e encostar-se ao chão, quando fizer isso, entregue a recompensa. Se ele não deitar, tente segurar o quadril dele quando estiver sentado e com o mesmo movimento da mão o faça deitar.

Vir

Para ele aprender o “vem” chame-o todas as vezes que quiser que ele se aproxime. Caso ele esteja disperso chame-o pelo nome e depois dê o comando.

O adestramento para filhotes é um treinamento que requer insistência e cooperação de todas as pessoas da casa. Seja firme nas decisões e o recompense sempre que obedecer e o repreenda com um não firme quando necessário.

Fonte: WebcachorrosTudo sobre cachorrosCachorroGato